Tag-Archivo para » cores atuais para casas «

segunda-feira, outubro 15th, 2012 | Author:

Cores lindas, casa energizada!

Entenda o poder que cada tom de tinta tem de influenciar os cômodos.
Sabia que o poder das cores vai muito além da capacidade de agradar ou não aos nossos olhos? “Elas influenciam o inconsciente, criando cômodos mais saudáveis ou mais comunicativos, mais serenos ou mais amorosos…”, explica o psicólogo Paulo Marcelino, vice-presidente da Associação Pró-Cor do Brasil. A seguir, o consultor de feng shuiFranco Guizzetti, de São Paulo (SP), e a arquiteta Patrícia Mellilo, de São Manuel (SP), ensinam você a aplicar, na prática, essa teoria mágica.

Seu arco-íris caseiro.
As cores…
BRANCO: Lembra paz e pureza, criando ilusão de amplitude. Em excesso, pode causar a sensação de frieza e solidão. Nesse caso, mescle com itens coloridos ou prefira tons claros, como o bege.
E onde usá-las:
Qualquer lugar da casa – desde que tenha sobreposição de cores vibrantes.

AMARELO: Os tons mais claros são energizantes e aconchegantes. Já os escuros trazem alegria, deixando o ambiente aquecido. A cor estimula a mente e o pensamento, abrindo espaço para a comunicação.
E onde usá-las: Prefira aplicar num cômodo específico para estudar ou trabalhar.

LARANJA: Essa cor quente ajuda a “quebrar o gelo” estimulando a superação de barreiras e o início de longas conversas. Também desperta o apetite e atrai as pessoas, já que dá a sensação de alegria.
E onde usá-las: Sala de estar, cozinha e locais onde haja muita interação social.

ROSA: Todos os seus tons – até o mais forte! – deixam transparecer tranqüilidade, carinho e amor. Não há problema em pintar cômodos inteiros de rosa.
E onde usá-las: Quarto de menina e de casal.

VERMELHO: Vibrante, estimula o campo sexual e espalha energia e alegria. Mas cuidado: muito vermelho pode causar agitação exagerada. Nunca pinte a parede atrás da TV com essa cor, por exemplo, pois desvia a atenção do olhar.
E onde usá-las: Sala de estar, cozinha e locais onde haja muita interação social.

LILÁS: Os tons claros têm efeito sonífero e relaxante – por isso, vale economizar para não deixar todo mundo sonolento. Já os ton escuros alteram a concentração de energia sexual.
E onde usá-las: Quarto de criança hiperativa e de casal.

VERDE: Lembra a natureza, tem uma vibração positiva e proporciona conforto. Com força tranqüilizante e calmante, repõe a vitalidade e fortalece a saúde.
E onde usá-las: Quarto de idosos, mas vale para qualquer ambiente.

AZUL: Se quer equilíbrio e sensação de sossego, prefira os tons claros. Os escuros, em excesso, podem deixar o cômodo com ar triste e depressivo.
E onde usá-las: Quarto de bebê e criança agitada.

CINZA: Passa a idéia de nebulosidade, deixando o lugar frio e embaçado. Opte por cinzas vivos e brilhantes, capazes de proporcionar aconchego.
E onde usá-las: Qualquer cômodo da casa, exceto quarto de criança.

PRETO Invista em pequenos detalhes, pois a cor tende a deixar o local triste, escuro e agressivo.
E onde usá-las: Próximo a canto de parede ou escada.

Compartilhe no:
  • Orkut