Arquivado em la Categoría » Decoração de jardim «

sexta-feira, janeiro 18th, 2013 | Author:

Um bosque, um rio tranqüilo e uma fantástica queda dágua criam um grandioso cenário.

Há lugares que são privilegiados e onde a natureza se mostra, mais do que nunca, exuberante, brindando com um belo cenário as pessoas que ali vivem. Como este.
Um verde bosque e uma queda d agua cir-dam esta residência no vale do rio Hudson, New York, que foi projetada pelo interior igner George Constant para ser uma bonita de campo. E nela, é possível se desfrutar inteiro um contato quase mágico com a paira do local. Uma visão fascinante que vai e o sinuoso caminho que leva à porta de da e aos belos jardins internos, com direito os e círculos de madeira cobertos de folha, uma ampla varanda, confortáveis guarda-muita vegetação, quadra de tênis e até uma ponte em estilo japonês por sobre uma tranqüila piscina de águas naturais.

Na decoração interna a paisagem é totalmente incorporada a uma elegante mistura de elementos, criando ambientes aconchegantes, vivos e plenos de calor humano. “As antigas madeiras da Nova Inglaterra proporcionam o principal suporte estrutural do imóvel e estão em perfeita harmonia com a sutil mescla de móveis antigos e modernos, como também com um toque country que se faz presente.”

Brindada por uma invejável paisagem, a casa tem na sua área externa estruturas de madeira cercadas de muito verde, confortáveis móveis e amplos guarda-sóis.

Compartilhe no:
  • Orkut
domingo, outubro 21st, 2012 | Author:

A arquiteta Cristina aproveitou uma passagem lateral para criar esta agradável varanda. No teto, as telhas são sustentadas por vigas de madeira aparente, enquanto um canteiro de ficus, junto à parede, cuida da vedação do ambiente. A mesa de mármore bruto realça os sofás, da Soho, em ferro esmaltado e tecido emborrachado. Portas envidraçadas integram o terraço ao jardim interno, favorecendo a iluminação natural.

Compartilhe no:
  • Orkut
sexta-feira, outubro 19th, 2012 | Author:

Este pátio interno foi concebido pela Soho. É ornamentado por réplicas de peças antigas em cimento branco, como o chafariz com pia, um frontào, capiteis, fragmentos em alto-relevo e um vaso disposto sobre uma coluna. As cadeiras de ferro com tecido emborrachado evocam o art-noveau, contrastando com as paredes pintadas com esponja, na cor terracota, e com o piso de pedriscos. As plantas ornamentais dão maior vivacidade ao ambiente.

Compartilhe no:
  • Orkut
quarta-feira, outubro 03rd, 2012 | Author:

Jardim.
Ter um jardim em casa já é um bom comego para a busca de novas energias. A uniao do verde com a agua traz ainda mais plenitude para quem a observa, por isso este casamento é perfeito. No exemplo, a base da fonte foi construida com cimento e o desenlio, formado pelas pedras, faz com que a agua desenvolva os mais diversos sons. Esse tamanho de fonte é urna ótima opgáo para quem tem espaco no jardim, no entanto, para os jardins menores ou para as sacadas de apartamentos vale a idéia de colocar a fonte suspensa em colunas ou até mesmo no chao, como um mini jardim.

Compartilhe no:
  • Orkut
sexta-feira, setembro 07th, 2012 | Author:

O jardim das artes criado pelos paisagistas André e Eduardo Bovee privile-giou as árvores do terreno com a escolha de plantas delicadas e coloridas.

Compartilhe no:
  • Orkut
domingo, julho 01st, 2012 | Author:

O segredo do vigor deste jardim está na manutenção atenciosa. “Não há flores se não houver dedicação”, diz a paisagista. As regas precisam ser diárias, feitas com água sem cloro, e nunca podem acontecer em horário de sol a pino. Uma vez por mês, os jardineiros cuidam da adubação, variando o tipo de produto. “Se a intenção é ter flores mais esplendorosas, indico usar NPK 9:14:8 um mês antes da floração da planta”, ensina Cláudia. Farinha de osso e torta de algodão, que fortalecem as espécies, são aplicadas a cada três meses, e húmus de minhoca, para oxigenar o solo, a cada seis.

Compartilhe no:
  • Orkut
sexta-feira, junho 29th, 2012 | Author:

Antes em declive, a área ao fundo da piscina foi nivelada com 30 caminhões de terra para se tornar acessível. Atrás das chaises-longues, que a moradora já tinha, ficam frutíferas, como jabuticabeira, limoeiro e mexeriqueira. A água reflete espécies como o mini-hibisco (1), a orquídea-bambu (2), a sálvia-mexicana (3) e o hibisco branco dobrado (4). Os vasos esmaltados.

Compartilhe no:
  • Orkut
quarta-feira, junho 27th, 2012 | Author:

Espécies de plantas.
A – Gardênia (Gardênia jasminoides), B – Jabuticabeira (Myrciaria cauliflora), C – Orquídea-bambu (Arundina bambusifolia), D – Hibisco branco dobrado (Hibiscus mutabilis), E – Escaevola (Scaevola aemula), F – Érica-rosa (Cuphea gracilis), G – Lavanda (Lavandula angustifolia), H – Falsa-íris (Neomarica caerulea) e I – Agapanto (Agapanthus africanus).

Compartilhe no:
  • Orkut
segunda-feira, junho 25th, 2012 | Author:

Curvas para desacelerar.
Aliar acessibilidade e beleza está entre os objetivos deste projeto. “Um dos filhos da moradora precisa se locomover em cadeira de rodas. Planejei o jardim de forma que ele pudesse usufruir de todos os espaços”, conta a paisagista Cláudia Boturão d’Avila. Assim, os caminhos têm 1,30 m de largura e são cobertos de tijolos, em vez de pedriscos soltos. “Onde há rampas, elas seguem a inclinação de 7%, indicada pela norma técnica”, diz. Além de largos, os corredores são sinuosos. “As curvas induzem à contemplação, pois levam a andar mais devagar e a perceber melhor as cores e os aromas.”

Compartilhe no:
  • Orkut
domingo, junho 03rd, 2012 | Author:

Arvores:
Dois palmiteiros (Euterpe edulis, 4) acompanham o muro alto.
Arbustos:
A nandina (Nandina domestica, 5) dá flores e pequenas frutas esféricas, em cachos, entre a primavera e o verão. Na mesma época, também floresce a helicônia (Hellconia psittacorum, 6). Forração:
A folhagem escura rente ao chão é a hera-larga (Hedera canariensis, 7).

Compartilhe no:
  • Orkut