Arquivado em la Categoría » decoracao de ambiente «

domingo, agosto 28th, 2011 | Author:

Decoração em ambientes

Assim como as estruturas alternadas com o uso de pedras nos muros, madeira aparente na sal e laje de concreto com viga deitada nos quartos, o pé-direito apresenta também dimensões variadas, sendo de 2 m na parte mais baixa e 5, 5 m no lado mais alto. As estruturas aparente são de madeira ipê, tratada.

Compartilhe no:
  • Orkut
sábado, março 26th, 2011 | Author:

Projeto de construção de casa

A planta mostra uma distribuição setorizada, com ambientes espaçosos e muito conforto interno. No piso superior, salão de festas e quarto de hóspedes.

Compartilhe no:
  • Orkut
domingo, fevereiro 13th, 2011 | Author:

Dicas para casaSinta-se em casa.
As pesquisas revelam: é cada vez maior a parcela do orçamento dedicada à casa. Isto significa que os brasileiros estão mais interessados do que nunca em “investir” na própria casa para morar melhor. O que comprar, onde comprar, como usar em casa? São perguntas que procura responder mensalmente para se tornar um verdadeiro “guia da casa” em suas mãos. Você sente isso ao consultar, por exemplo, nossa reportagem deste mês sobre tapetes produzidos pela indústria nacional. Ou quando segue o roteiro de compras por Minas Gerais, feito por uma equipe especialmente deslocada para lá, e que mostra um interessante contraste entre lojas tradicionais e outras atualíssimas! Mas, se você só está interessada em dar um toque de renovação em sua casa, há sempre idéias fáceis e rápidas de copiar: veja o que sugerimos na matéria sobre distribuição de móveis. Nós só queremos estar sempre ao seu lado, ajudando você a morar cada vez melhor!

Compartilhe no:
  • Orkut
quinta-feira, dezembro 23rd, 2010 | Author:

Decoração para hall de entrada

HALL SUPERIOR.
Esta composição aposta na força de duas cores clássicas: o branco e o prelo, retomadas nas listras que continuam em evidência. Paro dar aconchego, as paredes foram tingidas em tom solar, da Coral.

Compartilhe no:
  • Orkut
terça-feira, dezembro 21st, 2010 | Author:

Hall de entrada decoração

ADEGA.
Nem parece um pequeno espaço sob a escada. O espelho, da Ornato, se encarrega de multiplicá-lo. No teto, a atração é a pintura penteada feita à base de massa. Mármores do piso, Icesa. Barrado em papel, Quatro Estações. Suportes de latão, La Toilette. Objetos, House Shop.

Compartilhe no:
  • Orkut
segunda-feira, dezembro 20th, 2010 | Author:

Hall de entrada de casas

HALL DE ENTRADA.
Estilos do passado, entre paredes de cores suaves, emolduradas por tecido Formatex. A peça de destaque é a papeleira Dom João XV de jacarandá do séc. XVIII, realçada por pratarias baiana e cambojana do século XVII. Lustre francês de Baccarat, da Old Bahia.

Compartilhe no:
  • Orkut
segunda-feira, dezembro 06th, 2010 | Author:

Dicas de decoração de interiores

O colorido já diz tudo. Isto é Nordeste! E viver aqui é ter o prazer de desfrutar a ligação saudável com as cores, a energia do sol, os bons ventos do mar… Tudo isso não escapa aos olhos e talento dos arquitetos e decoradores da região. Seus trabalhos, apresentados nesta edição, procuram valorizar aspectos funcionais, climáticos e culturais, sem deixar de lado as tendências gerais da decoração. Até porque sempre que os sistemas de comunicação e a tecnologia da informação avançam, como nesta era da globalização, há reflexos instantâneos no modo de viver e morar das pessoas. O melhor dessa história é que aumentam as chances de escolher. Não há uma única vertente. O caminho a seguir é a liberdade de adotar (e misturar) estilos e linguagens completamente diferentes. Enfim, personalizar o seu cantinho e viver mais contente, seja em teto clássico, moderno, primitivo, colorido, exótico… E para você dar os primeiros passos, aproveite todas as referências que estão nas próximas páginas e, em especial, na reportagem sobre a Casa Cor Bahia. São dicas visuais de cores, padrões, texturas, combinações, além de uma infinidade de fornecedores, presentes também na matéria Cômodas e Gaveteiros. Prepare-se para ingressar nessa viagem, vibrar, perder o fôlego e viver mais feliz. Aproveite!

Compartilhe no:
  • Orkut
quarta-feira, novembro 10th, 2010 | Author:

Decoração de amplo salão

Um biombo com rodas em vidro opaco isola a parte das refeições e a cozinha do amplo salão. Do lado da falésia, construiu-se um terraço de Verão virado a norte. As superfícies envidraçadas deslizam e oferecem uma sala de jantar ar ar livre. Sem cortinados, salvo nos quartos, vive-se neste rochedo ao ritmo da luz e do barulho das ondas. O andar superior é limitado a um só quarto. Reservado ao bem-estar dos proprietários, este espaço é como uma ilha independente com o seu quarto monacal, resplandecente de brancura e cujo maior luxo consiste numa casa de banho panorâmica… e sem obstáculos.

Compartilhe no:
  • Orkut
terça-feira, novembro 09th, 2010 | Author:

Dicas de decoração de salas

Adepto das habitações climatéricas, Maurice Sauzet cuidou da climatização natural e atenuou a luminosidade. Os raios de sol sáo assim cuidadosamente filtrados através de planos avançadostriangulares como no terraço do salão de música ou de telheiros em madeira. Uma climatização natural que as trepadeiras vêm reforçar com a sombra da sua folhagem de Verão. No Inverno, o sol baixa no horizonte e passa por debaixo dos telheiros. No Verão, os seus raios são atenuados pelos seus troncos de madeira espaçados, assegurando uma luminosidade ideal para admirar os belíssimos quadros.

Compartilhe no:
  • Orkut
segunda-feira, novembro 08th, 2010 | Author:

Projetos de decoração de interiores

A coxia alarga-se à direita, no salão. Maurice Sauzet confessa gostar de desenvolver os volumes. O tecto e a lareira monumental expandem-se então como numa catedral. Uma vantagem para os donos da casa que expõem aqui os seus quadros de maior dimensão. «Para o mobiliário escolhi uma linha clássica de sofás confortáveis e brancos para não prejudicar as telas e tive uma verdadeira paixão por este sofá mais futurista e muito agradável com as suas almofadas reguláveis. Aqui, nada quebra verdadeiramente o olhar, nem os vidros. Nos dias bonitos, temos a impressão de estar a viver ao ar livre: as superfícies envidraçadas desaparecem nas paredes. O salão prolonga-se pelos dois terraços de exposição contrária: o do sul, em frente ao mar, e o do norte, contra a falésia. Segundo a hora e o sol, escolhemos um ou outro. Vivemos aqui há três anos e ainda hoje descobrimos aspectos inéditos da paisagem através da casa», refere a proprietária.

Compartilhe no:
  • Orkut