Arquivado em la Categoría » Decoração casa «

quinta-feira, setembro 08th, 2011 | Author:

Dicas de reforma de casas

A área também será determinante na seleção dos equipamentos. Em um espaço de 4 m2 já se torna possível criar um ambiente confortável para a apreciação da gastronomia. “Vejo o espaço gourmet adaptável a qualquer área de lazer, pois atualmente existem facilidades tecnológicas de qualidade, como churrasqueiras e fornos pré-fabricados”, aponta a arquiteta Valquíria Mendes.
Portanto, quem vive em prédios também já pode começar a planejar seu espaço. Nesse caso, as medidas preventivas de segurança e instalação dos equipamentos devem ser ainda mais precisas para que não interfiram na estrutura dos apartamentos vizinhos.

Compartilhe no:
  • Orkut
quarta-feira, setembro 07th, 2011 | Author:

Reforma casas antigas

NO COMPASSO DA ARQUITETA Ana Luisa Prévide, a estrutura original do espaço gourmet ganhou uma cobertura para integrar o pala-dar e a convivência familiar em uma área de 12 m’. Para executar a reforma, vigas metálicas foram instaladas na cinta de amarração superior das paredes e, assim, reforçou a estrutura. A combinação de elementos foi valorizada com a pintura em epóxi ao lado dos armários, de MDF, e da bancada, de granito polar branco, da Pedras Amazonas. Para completar a luminosidade, a cobertura recebeu vedação de vidro temperado incolor. “O fechamento do local permitiu a inclusão da churrasqueira, da chapa elétrica e da lava-louças”, explica Ana Luisa. As cadeiras são da Armando Ce re 11 o, mesa Artef acto e objetos decorativos Cecília Dale.

Compartilhe no:
  • Orkut
domingo, setembro 04th, 2011 | Author:

Equipamentos para casa

Equipamentos.
Em seu único pavimento, a divisão da casa pode ser vista a partir da entrada principal, centralizada: à direita, cozinha, serviço e o volume da lareira; à esquerda, banheiros. O átrio é o divisor de águas dos setores “noite”, onde estão os dois quartos e uma suíte, à esquerda, e “dia” à direita, com os três elementos do estar: varanda, bar e lareira. A cozinha atende este setor e pode ser aberta para o convívio.
Para tirar partido do generoso Sol da manhã, que inunda toda a fachada posterior em balanço, o arquiteto propôs muitas aberturas e transparências. Para conteros fortes ventos, as esquadrias misturam madeira e alumínio, com panos de vidro e janelas do tipo basculante. Persianas horizontais quebram o excesso de luminosidade e dão privacidade aos usuários.
A temperatura média anual de Fribur-go, em torno de 18°C, contribuiu para a escolha de revestimentos mais quentes, como os assoalhos e lambris em jatobá.

Compartilhe no:
  • Orkut
segunda-feira, agosto 29th, 2011 | Author:

Modelos de decoração de casas

Com base nisso, a preocupação de Peres foi explorar, ao máximo, a potencialidade do terreno no meio ambiente, sem, no entanto, interferir de maneira agressiva em sua conformação. Depois de analisar as características do entorno, c com a experiência de quem já havia construído outras residências na mesma região, ele sugeriu a criação de espaços com múltiplo uso, isto é, áreas sociais contínuas e integradas – com direito à oficina para execução de trabalhos manuais, pois a proprietária é designer de jóias -, além de dormitórios independentes.

Compartilhe no:
  • Orkut
sábado, agosto 27th, 2011 | Author:

Casa para temporada

O programa previsto foi uma casa dentro da mata com vista para o mar, contendo área social contínua e integrada, pavilhão de trabalhos manuais e dois quartos. Na foto é possível observar estes dormitórios, um sobre o outro, construído com laje de concreto, em uma espécie de caixa independente da área social.

Compartilhe no:
  • Orkut
sábado, julho 23rd, 2011 | Author:

Projetos de casas de esquina

O LADO DE DENTRO do bloco de madeira, vidro e pedra abriga as rampas de circulação. Elas respeitam os conceitos de acessibilidade, para permitir o pleno transitar de qualquer pessoa com necessidades especiais ou não. No projeto de Browne, o terreno inclinado deixa de ser sinônimo de locomoção difícil.

Compartilhe no:
  • Orkut
sexta-feira, julho 22nd, 2011 | Author:

Projetos arquitetonicos casas

NO CAMINHO SUPERIOR, o fechamento é feito com pedras locais e painéis translúcidos (detalhe), que visam aumentar ao máximo a insolação da residência e torná-la naturalmente aquecida. O volume transforma-se então em uma espécie de estufa, que ainda tem o mérito de reunir todas as rampas e escadas de acesso a casa. Os elementos horizontais destas circulações ainda contribuem para a contenção do empuxo do terreno, que possui solo de má qualidade.

Compartilhe no:
  • Orkut
terça-feira, julho 19th, 2011 | Author:

Projetos de casas modernas

Casa com vista:
Projeta residência de veraneio que parece flutuar entre o céu e o mar.
DUAS FOLHAS do”leque”abrigam em sua parte superior espaçosos terraços revestidos com deque de madeira. O peitoril recebeu tiras de aço, para não desperdiçar nem um pedacinho da vista. As luminárias, quase na base da parede, contribuem para que os volumes pareçam flutuar à noite.

Compartilhe no:
  • Orkut
domingo, maio 29th, 2011 | Author:

Fotos de decoração de casas pequenas

Logo na entrada é possível perceber a mudança radical. Uma área com piso de cimento, antes desnivelada e com muito mato crescendo a esmo ganhou uma aconchegante pérgola de concreto com cobertura de vidro laminado, uma mesa para refeições ao ar livre e uma linda fonte. Aqui – apesar do espaço restrito – as flores de forração nos canteiros, os vasos e a luz do sol encantam e dão as boas-vindas aos visitantes.
O mesmo privilégio tem os que estão dentro da casa, pois de praticamente todos os ambientes pode-se avistar esse espaço. Ana conseguiu isso, na área social, ampliando as aberturas feitas na fechada, possibilitando ainda que luz natural invadisse o interior do sobrado. Para trazer o jardim para “dentro” da cozinha e de quebra, ampliar a área de refeições em 3m2, a arquiteta foi além: criou um volume com caixilhos de alumínio e cobertura de vidro laminado que avança em direção à área externa.

Compartilhe no:
  • Orkut
terça-feira, fevereiro 15th, 2011 | Author:

Livro decoração

UM LIVRO SOBRE AS FAZENDAS DO INTERIOR PAULISTA.
Editado pela Nova Fronteira, o livro de fotografias e textos poéticos “Fazendas Paulistas do Ciclo do Café”, da escritora Cândida Maria de Arruda Botelho, documenta a arquitetura, os objetos, instrumentos e costumes desta época. Assim, Cândida procura alertar a importância da cultura do café na economia brasileira e a conservação do patrimônio histórico-cultu ral. O livro é resultado de seis anos de pesquisa nas fazendas de café do Estado de São Paulo e merece ser apreciado.

Compartilhe no:
  • Orkut