Arquivado em la Categoría » Como pintar uma parede «

quarta-feira, outubro 12th, 2011 | Author:

Tintas de paredes

Em nome da natureza.
Uma saída encontrada pela Universo Tintas para respeitar e colaborar com a preservação do meio ambiente foi a reformulação de sua linha de esmaltes. Os metais pesados – cromato de chumbo, cromato de cádmio e sulfato de chumbo – antes encontrados nos esmaltes Unilar, Acetin (foto) e Esmalte Brilhante foram devidamente substituídos por pigmentos orgânicos.

Compartilhe no:
  • Orkut
sexta-feira, agosto 27th, 2010 | Author:

Dicas para pintar paredes

Em geral, todos os matizes surgem mais luminosos diante de uma superfície escura. Tente instalar um vaso verde-claro diante de um fundo verme-lho-escuro e verá como o vaso dará a sensação de ser mais luminoso.
Evite cortinas muito coloridas, ou o sol que incide na sua janela tingirá todo o cômodo. No máximo, use xales de tonalidades mais fortes.
O computador e a televisão devem ficar diante de um fundo neutro para que não haja interferências na tela.
Para a mistura de estampas dar certo, procure aquelas que tenham uma ou duas cores em comum. Quanto mais tons semelhantes, mais harmoniosa ficará a composição.
Nem só as cores sugerem calor ou frio. Texturas, em um espaço monocromático, provocam a mesma sensação. A cômoda de madeira ganha realce sobre um piso de tábuas e ao lado de um estofado de linho cru, tornando a sala calorosa e convidativa. Pequenos elementos também trazem um bom efeito: almofadas com texturas sobre um sofá liso, por exemplo. Evite excessos e crie contrastes agradáveis de se ver.
Metais, tecidos sedosos e vidros refletem a luz e, como as cores frias, podem ser usados para clarear um ambiente ou fazê-lo parecer maior.

Compartilhe no:
  • Orkut
quinta-feira, agosto 26th, 2010 | Author:

Dicas de como pintar paredes

DICAS DE BOM-TOM
A diferença entre o sublime e o desastroso pode estar em detalhes como a cor do teto ou a forma de combinar estampas.
Um teto branco ilumina de maneira homogênea as cores que permeiam o ambiente. Isso não acontece com os tons escuros, que ainda dão a impressão de que o pc-direito é mais baixo.
Branco, bege c amarelo são ideais para clarear espaços com pouca luz natural.
Uma parede colorida numa sala quadrada ajuda a quebrar a simetria.
Paredes externas banhadas de sol tendem a aquecer ainda mais com tons quentes, que absorvem a luz. Muito claras, porém, podem ficar ofuscantes.
Todo quadro, objeto ou móvel à frente de uma parede colorida ganha um novo destaque.
Um objeto claro numa parede escura parece maior. Uma peça escura numa parede clara, menor.

Compartilhe no:
  • Orkut
quarta-feira, agosto 25th, 2010 | Author:

Como pintar paredes

Antes de empunhar o galão de tinta, leve em conta também estes fatores:
■ Analise as funções de cada cômodo, pense em quem passará mais tempo nele. Nos quartos, em geral, considere as cores luminosas e menos saturadas, já que se trata de um cômodo para relaxamento.
■ Dependendo do tom, pode-se aumentar ou diminuir espaços. Cores quentes e fortes reduzem, porque dão a sensação de proximidade; as frias e claras, ao contrário, dão a ilusão de proj fundidade, ampliando os ambientes. E claro que não é preciso tanto rigor: mesclar é sempre uma boa medida.
■ Se a intenção é criar aconchego, vale a pena recorrer aos tons quentes, mesmo em áreas pequenas. A sala com lareira, por exemplo, ficará mais acolhedora em tons de laranja do que toda branca.
■ Composições da mesma cor, em diferentes tons, são mais harmoniosas e repousantes. Se você optar pelo uso de vários matizes, lembre-se de que elas funcionam bem quando todas têm o mesmo valor tonai. Isso impede que os olhos se forcem constantemente a distinguir entre claros e escuros.
■ As cores também podem dividir os-ambientes – casos de salas que servem de estar e de jantar. Uma única parede pintada em um tom forte ajuda a delimitar a área de refeições. Para aproximá-la, use cores quentes; se a intenção for afastá-la, frias.
■ Se você ainda não sabe se elege paredes ou móveis coloridos, prefira a primeira opção. As chances de erro são menores e, se um dia você se cansar, pode pintá-las novamente. Comece escolhendo os tons neutros para peças grandes, como sofás e tapetes. Aos poucos, vá adicionando itens coloridos: um pufe, um vaso, al-mofadas. A partir daí, você pode repetir a cor de um desses elementos em uma ou mais paredes.

Compartilhe no:
  • Orkut