sexta-feira, novembro 26th, 2010 | Author:

Arquitetura paulista

CARLOS BRATKE.
“É difícil escolher uma obra ou uma área específica em São Paulo que tenha qualidades arquitetônicas e urbanísticas ou mesmo sentimentais. Essas áreas, para mim, são inúmeras porque, talvez, por sentimentalismo, a cidade me toca como um todo. São Paulo é uma bela cidade ao todo, peca somente nos detalhes. Optei por um edifício que representa uma época de ouro na arquitetura paulista, os anos 50: o edifício que foi a antiga sede do jornal 0 Estado de S. Paulo, na confluência da Avenida São Luiz e Rua Martins Fontes, com projeto do arquiteto Franz Heep, o mesmo que projetou o Edifício Itália e a Igreja de São Domingos.
0 hotel Jaraguá que ocupa a parte superior do edifício foi recentemente reformado por outro arquiteto a quem admiro, Miguel Juliano. 0 edifício do Estado foi uma solução de grande mestria em sua implantação. Heep soube contornar, com grande habilidade, a forma que se mostrava excessivamente simétrica, e portanto, sisuda e conseguiu uma imagem de uma leveza singular. Usando elementos variados de acabamentos de fachada, criando assim um aspecto descontraído e alegre. Acho que é uma arquitetura satisfeita da vida!”

Compartilhe no:
  • Orkut
Você pode acompanhar os comentários desse post através do RSS 2.0 feed. Você pode ou mandar um, or trackback do seu site pra cá.
Deixe um comentário » Log in